Curitiba anuncia o primeiro calçadão de bairro da cidade

Fora do Centro, o espaço para pedestres será construído no bairro Cajuru. Ordem de serviço que autoriza a obra foi assinada ontem (9) pela Prefeitura da capital

Cajuru será o primeiro bairro de Curitiba a ganhar um calçadão, modelo até então adotado apenas na região central, como na rua XV de Novembro. O novo espaço de lazer e convívio da comunidade vai ser implantado na Av. Florianópolis, entre as ruas Eng. Costa Barros e Aracaju. A ordem de serviço para o início da obra foi assinada nesta quarta-feira (9) pelo prefeito Gustavo Fruet, como parte das comemorações dos 323 anos de Curitiba.

Fruet explica que o objetivo é garantir um espaço de circulação para pedestres e de convivência para a comunidade, com acessibilidade e iluminação reforçada, o que garante a segurança. “Este será o primeiro calçadão e o projeto vai ser estendido para outras regionais da Prefeitura”, completa o prefeito.

Imagem de projeto do Calçadão Cajuru, em Curitiba

Imagem de projeto do Calçadão Cajuru, em Curitiba

O projeto é de autoria do Ippuc (Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba), mas a obra será executada por particular. O supermercado Condor assumiu a empreitada como medida compensatória pelo impacto que causará a ampliação de uma loja da rede no bairro Cajuru.

Segundo o diretor administrativo da empresa Wanclei Said, a benfeitoria na rua Florianópolis ocupará uma área aproximada de 2 mil m², com investimento estimado entre R$ 250 mil e R$ 300 mil. “Vamos começar dentro de um mês e o trabalho deve ser concluído em sete meses”, assegurou o diretor.

Convivência entre modais

O calçadão faz parte da política da Prefeitura de valorização do espaço público, conforme explica o diretor de engenharia da Secretaria Municipal de Trânsito, Maurício Razera: “Os calçadões estão previstos no plano de governo desta gestão e nesse momento se consolida o primeiro projeto. A ideia é que todas as regionais tenham esse espaço de convivência, de compartilhamento e de harmonia entre os modais”, disse.

O projeto, desenvolvido pelo Ippuc, prevê a implantação de arborização, calçamentos, paraciclos, rampas de acessibilidade, áreas de lazer, bancos, luminárias e travessias elevadas para a passagem de pedestres. O trecho da rua Florianópolis que vai receber o Calçadão terá mantida a via dos veículos.

Ariadne Mattei Manzi, supervisora de Planejamento do Ippuc, explica que a ideia dessa intervenção nos bairros ganhou força durante as discussões do Plano Diretor de Curitiba. No projeto Urbanistas Mirins, desenvolvido com os estudantes da rede municipal de ensino, as crianças relataram que percebiam diferenças entre a cidade do centro e a dos bairros. Assim, a imagem do calçadão da Rua XV de Novembro, bem característico da área central, agora ganha espaço nos bairros.

Em seguida, foram feitas reuniões com a comunidade para que todos entendessem o projeto, onde se demonstrou, entre outras coisas, que o calçadão poderá trazer mais segurança.